segunda-feira, 11 de dezembro de 2017

Acho que cresci da Neiva Meriele

Editora: Independente
Gênero: Romance Teen / Nacional
Páginas: 282 páginas
Ano: 2017
Classificação
Onde Comprar:

Quatro coisas fazem a cabeça de Jenni Celli: livros, chocolate, All Stars... E um certo carinha de olhos azuis que sequer sabe que ela existe.

Jennifer está cursando o último ano do ensino médio no melhor colégio da região. Filha de importantes advogados, a garota leva uma vida confortável e faz parte de um grupo de seis amigas inseparáveis. Ela deveria ser bem resolvida, mas #SóQueNão, porque existe algo dentro de si que ainda não está em harmonia.
Quando Merili, a única “desencalhada” do grupo, propõe que façam uma aposta, de que até as férias de inverno todas devem estar namorando, Jenni é a primeira a ir contra e pensa: Isso lá é aposta que se faça? Ninguém pode estipular um prazo para se apaixonar!
Mas basta a aposta ser feita que coisas surpreendentes começam a acontecer. Então, o amor, a amizade e a cumplicidade dessa galera será colocada à prova.

Amores, preconceitos, intrigas e fortes doses de suspense esperam por você nesse romance teen, que contará a história da princesa e o plebeu contemporâneos. Vamos viver uma aventura romântica com essa turminha?


Bom Dia,

Hoje venho trazer a resenha de mais um livro Nacional, da amiga escritora Neiva Meriele. Devo confessar que me apaixonei por essa capa no instante que a ela postou na internet, achei muito fofa e divertida. 

Para minha sorte em Julho desse ano(2017) tivemos um evento literário e a Neiva veio dar uma palestra aqui na minha cidade, e eu aproveitei para comprar meu exemplar autografado.

Acho que Cresci é um romance teen, muito fofo e divertido. Nele conhecemos seis amigas inseparáveis: Merili, Claudinha, Raquel, Rita, Ingrid e a protagonista Jenni. Elas estão acabando o ensino médio e decidem fazer uma aposta, até o final do ano todas elas devem estar namorado, caso isso não aconteça a pessoa escrever que é uma "encalhada" nas redes sociais.



Eu achava o máximo aquele negócio de apostas, de pacto entre amigas, mas nem me passou pela cabeça que a tal aposta dizia respeito a garotos.
- É isso,meninas: vamos fazer uma aposta que até as férias de inverno todas nós estaremos desencalhadas. Vamos dar um basta nessa solteirice. Quem não cumprir, terá que escrever no status de todas as suas redes sociais "Sou uma encalhada infeliz", e deixar durante um mês inteirinho.
página 19

O ano letivo começa, assim como a busca desenfreada pelo amor. Todas as garotas vão conseguindo seus possíveis namorados, menos nossa protagonista que ficou apaixonado por um certo moreno de olhos azuis em uma noite e não consegue tirar ele da cabeça. O problema é que eles não trocaram uma palavra e ela fica fissurada nesse amor platônico. Porém, o destino decidi dar uma ajudinha para a menina, e ela acaba encontrando o mesmo moreno lindo em uma  festa que uma das amigas organiza, e descobre que ele é o irmão do namorado dela. Tudo parecia perfeito, até eles começarem a conversar e verem que existe algumas barreiras para que esse amor aconteça.

Eu sabia que estava com o rosto enrubescido e fiquei ainda mais quando ao passar por Ruan, pisei em cima de seu pé e cai praticamente em seu colo.Foi engraçado para os outros, mas eu tive ímpetos de pular fora daquele ônibus.
página 156

Em paralelo a isso Jenni recebe a notícia que seus pais pretendem se mudar para Porto Alegre, pois estão tendo mais sucesso como advogados por lá. Mas, ela não quer deixar sua cidade nem suas amigas, então eles concordam em deixar ela terminar o ano na cidade morando apenas com sua avó. 

Depois desse dia as coisas mudaram para todas nós.Eu não tinha medo de sair sozinha, mas meus pais pareciam levar aquilo muito a sério. Minhas amigas passaram a sair somente com os pais ou com seus namorados, o que me deixava extremamente irritada.
pagina 135


A coisa fica séria quando seus pais começam a receber ameaças de morte, eles estão preocupados com a filha sozinha na cidade, mas a garota não se importa com isso, quem iria querer lhe fazer mal. Então, continua vivendo sua vida sem maiores precauções. Porém, nem tudo é flores e o que parecia tão distante pode estar mais perto do que ela imagina.



MINHAS IMPRESSÕES

Acho que cresci foi uma leitura muito agradável que me surpreendeu em diversos pontos e me fez sorrir ao final. O livro é narrado por pontos de vistas diferentes, temos a visão de Jenni, a protagonista principal, mas também em alguns momentos temos a visão de algumas de suas amigas e até de seu paquerete, gosto muito de histórias assim, parece que conseguimos ter uma visão mais ampla do todo.

A escrita da Neiva sempre me agradou por ser leve e fluída, e continua assim, quando vi já estava no final do livro. A diagramação do livro é linda e dou os parabéns para autora pois sei que foi um trabalho independente e conseguimos ver todo capricho e carinho que ela teve com sua obra. A capa me convenceu desde a primeira vez que vi como já comentei, ela é bem chamativa e remete a diversão do livro.Além disso, os "All Star" da capa está relacionado com a protagonista que adora esse tipo de calçado e tem todo um esquema nisso, pois ela está passando de uma fase mais adolescente para adulto, trocando o tênis pelo salto alto, achei isso demais.

Existem vários outros pontos positivos em torno dessa história que gostaria de compartilhar. Primeiro ele não é só um livro de Romance Teen mas também tem uma "pegada" de mistério e ação, o que me agradou muito mesmo e tornou a leitura mais madura.

Outro ponto é que o livro se passa na minha cidade Natal, Caxias do Sul. Eu ficava imaginando os lugares que a autora descrevia como os "shoppings" e foi muito legal. Além disso, damos uma passadinha em alguns outros lugares aqui do Sul como: Gramado e Porto Alegre com referências a pontos turísticos e até um estádio de futebol.

Outra questão abordada pela autora que me deixou surpresa foi o preconceito entre as classes sociais. Como pessoas da alta sociedade podem enxergar nós o povão e como ainda existe preconceito em relação a isso, mas que ela conseguiu tratar de uma maneira bem leve nos mostrando como isso está errado e que é hora de deixar esses costumes para trás.

Sobre as personagens todos me agradaram muito. Acredito apenas que as amigas da protagonista perdem um pouco do foco ao longa da narração, isso acontece porque realmente são vários personagens para se lidar. Jenni me agradou no geral ela é uma típica adolescente riquinha e que gosta de se divertir, o amadurecimento dela durante a trama foi muito interessante. Gostei muito dos pares românticos também e da diferença da classe entre eles. Sobre a suposta vilã, foi realmente muito legal a sacada da autora, algo que poderia acontecer no nosso dia a dia, acho que foi uma das partes que mais me agradou. E tem a avó da Jenni que é uma fofa.

Concluindo, Acho que Cresci é um livro divertido com diversas problemas adolescentes mas que introduz um cenário um pouco adulto, que nos deixa intrigados e felizes ao acompanhar o amadurecimento dessas garotas. Recomendo!

Sobre a Autora
Neiva Meriele escreve romances românticos e é estudante de Tecnologia em Negócios Imobiliários. Nasceu em 1989, na pequena cidade de São Francisco de Paula, Serra Gaúcha. É filha do meio de um casal de missionários. Passou sua infância e adolescência mudando com frequência de escolas e cidades, chegando a morar dois anos e meio no exterior. Essas constantes mudanças fizeram com que extraísse o melhor de tudo o que via, e dessa forma alimentava o grande sonho de se tornar escritora. De natureza apaixonada, começou a escrever desde muito nova e não parou mais.
Atualmente, junto do marido John Lennon e o filho Juan Pablo, a autora divide suas atenções entre Caxias do Sul e o interior da cidade onde nasceu.
Tem como cenário inspirador, as maravilhas da Serra, de um lado os Cânions de Cambará do Sul, do outro, as cidades encantadoras de Gramado e Canela, e às vezes, como benção da natureza, a neve.
Seu romance de estreia foi A Hora da Verdade, romance Y.A lançado pela Modo Editora em 2013.

E vocês já conheciam o livro?
O que acharam da capa?
Deixem seus comentários iremos retribuir.

Raquel Machado

sexta-feira, 8 de dezembro de 2017

CineKriativa: A Múmia

ElencoTom Cruise – Tyler Colt;Sofia Boutella – Múmia; Russell Crowe – Dr. Henry Jekyll
Direção: Alex Kurtzman
Gênero: Ação, Suspense, Terror
Duração: 110 min.
Distribuidora: Universal Pictures
Ano: 2017
Classificação

Na Mesopotâmia, séculos atrás, Ahmanet (Sofia Boutella) tem seus planos interrompidos justamente quando está prestes a invocar Set, o deus da morte, de forma que juntos possam governar o mundo.  Mumificada, ela é aprisionada dentro de uma tumba. Nos dias atuais, o local é descoberto por acidente por Nick Morton (Tom Cruise) e Chris Vail (Jake Johnson), saqueadores de artefatos antigos que estavam na região em busca de raridades. Ao lado da pesquisadora Jenny Halsey (Annabelle Wallis), eles investigam a tumba recém-descoberta e, acidentalmente, despertam Ahmanet. Ela logo elege Nick como seu escolhido e, a partir de então, busca a adaga de Set para que possa invocá-lo no corpo do saqueador.



Bom Dia Pessoal,



Hoje venho trazer a resenha de um filme que nos deixou bastante intrigados. Ouvimos falar que a Universal estava com um projeto de fazer uma releitura de clássicos de terror chamada "Universal Dark" gostamos bastante da ideia e quando vimos que o primeiro filme a ser lançado seria a Múmia com participação do Tom Cruise e decidimos ir conferir no cinema.

A Múmia é uma nova adaptação, mas se você está pensando no filme interpretado pelo Brendan Fraser esquece, não tem nada a ver. Esse filme é um misto de terror e ação que nos deixou muito intrigados e o final foi muito surpreendente.

Nessa história acompanhamos Nick, um saqueador de artefatos antigos. Ele e seu amigo estão na Mesopotâmia e acabam se deparando com uma antiga tumba. Acompanhados da arqueóloga Jenny eles acabam despertando a múmia que estava adormecida, Ahmanet. Ela foi uma mulher muito poderosa e perigosa, e seu propósito sempre foi libertar Seth para que os dois possam governar o mundo.



Ela irá fazer de tudo para terminar sua missão. Seth precisa de um receptáculo e Ahmanet elege Nick para isso. Assim, os dois começam uma perseguição eletrizante que coloca em risco o futuro de toda a humanidade.



A Múmia foi um bom começo para essa nova fase da Universal. Não foi um dos melhores filmes que vimos, mas com certeza cumpriu muito bem seu papel. Cheio de história, ação e terror o filme consegue surpreender e deixar o espectador vidrado na tela para acompanhar todos os acontecimentos.

Devo destacar aqui também a apresentação de um personagem muito importante o  Dr. Jekyll interpretado por Russell Crowe que como sempre não deixou nada a desejar e me alegrou muito, ainda mais que pelo que li ele será a grande chave para todos os "monstros" se encontrarem em algum futuro filme.



Tom Cruise bom, não precisa comentar muito também, o cara sabe fazer seu trabalho e em filmes de ação ele sempre arrasa.

Sobre os efeitos especiais confesso que esperava um pouco mais, temos apenas uma cena mais eletrizante a respeito da Múmia o restante fica mais em torno da história mesmo.



11 fatos sobre o Dark Universe:

Gênero Próprio
Os filmes da franquia Dark Universe são inspirados pelos clássicos do terror dos anos 30, mas essas reinterpretações terão seu próprio gênero. "Para mim o que define os monstros da Universal como o seu gênero próprio, diferente dos filmes de terror e de assassinos, é que você teme o monstro e teme pelo monstro", contou.

Aparência
 Os produtores não vão mexer com a aparência clássica dos personagens, então podemos esperar ver Javier Barden com a cabeça reta e parafusos no pescoço quando ele interpretar o monstro de Frankenstein.

Universo Compartilhado
Atualmente a ideia de um universo compartilhado de filmes já é bem comum. "A melhor forma de construir um universo é entregar filme individuais que as pessoas gostem e depois começar a integrar essas histórias."

Henry Jekyll
O personagem interpretado por Russel Crowe terá um papel central na construção desse universo. "Precisávamos de um personagem que pudesse apresentar esse mundo. E precisava ser alguém que tivesse sua própria relação com o lado sombrio. Henry está no filme porque ele já passou pelo o que Nick (Cruse) está passando."

Heróis ou Vilões?
"Temos uma organização que protege, pesquisa e caça monstros, que é comandada por um homem que pode ser tanto bom quanto mau. Eu não acredito que exista preto e branco no mundo dos monstros. Eles têm boas intenções, mas à vezes você precisa fazer coisas assustadoras pelo bem maior."

Grande vilão
Sobre os perigos que vão ligar os filmes, Alex revelou que ameaças podem vir de todos os lados. 


Global
Ao contrário dos filmes originais que se passavam na Europa as novas produções serão globais. "Vai depender da natureza de cada monstro. A criatura da lagoa negra se passará na Amazônia. Vamos entender a natureza e mitologia de cada monstro para localizar onde a história vai se passar."

Cenas pós-crédito
As cenas pós-créditos já viraram um lugar comum nas grandes produções de Hollywood, mas a franquia Dark Universe será diferente.

Grandes nomes
Kurtzman quer atrair o máximo possível de grandes nomes da Hollywood para estrelar a franquia. "Se você perguntar para qualquer um dos atores que já temos, Johnny Depp, Javier, Russell, Tom, todos vão contar uma história parecida de terem assistido aos filmes da Universal quando crianças e ficarem apavorados. Esses personagens são falhos, violentos, bravos, assustadores e não há expectativa de que eles serão redimidos no final. Para um ator essa é um oportunidade muito interessante."

Homem Invisível
Johnny Depp já está confirmado para interpretar o Homem Invisível, mas o personagem ainda não tem um filme solo confirmado.

Deuses e Monstros
A frase que foi dita no clássico A Noiva de Frankenstein (1935) é um lema da nova franquia. "Depende de como você interpreta a palavra deus. O mau tem muito nomes. Toda cultura tem uma forma de traduzir uma mitologia e conforme o universo for expandindo vamos começar a entender o que isso realmente significa."

Entrevista com Tom Cruise:


TRAILER:


E vocês já viram?
Tem vontade de assistir?
Não deixem de comentar.


Raquel Machado

quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Convite Evento - 1º Encontro de Literatura e Mídia RS

Bom Dia Leitores,

Hoje tenho um convite especial para fazer!!!

Como alguns de vocês sabem sou escritora e nessa próxima sexta-feira dia 08/12 estarei participando de um evento especial em Porto Alegre com outros escritores da região, onde teremos bate-papo, sessão de autógrafos e até mesmo sorteios então espero todos por lá.




Dia 08 de Dezembro de 2017, as 18h30min na Biblioteca Pública do Estado do Rio Grande do Sul, as 18h30min vai ocorrer o o Primeiro Encontro de Literatura e Mídia do RS. 

Autores e Blogueiros se reúnem pra discutir literatura de entretenimento e publicação independente. Além do bate papo, vai ter sorteios e autógrafos. 


AUTORES

Raquel Machado é formada em Ciência da Computação, e participa do mundo das artes desde criança, sendo a literatura uma de suas maiores paixões.
Leitora compulsiva, ministra o blog Leitura Kriativa desde 2010 onde divide suas impressões com os leitores. 
Com várias histórias em rascunho decidiu em 2015 publicar seu primeiro livro "Vingança Mortal" de forma independente pela Amazon. Em 2017 participou junto com outros escritores do livro "A Escolha Perfeita" publicado pela editora Ella.
A autora reside no sul do Brasil, na cidade de Caxias do Sul/RS. Mora com seu marido e uma estante cheia de livros.



Geana Krause 
Gaúcha natural de Santo Ângelo é pedagoga e atua em escolas da rede municipal de Porto Alegre. Pós-graduada em Educação Especial e Inclusiva, especialista em Educação Infantil e Psicopedagoga. Começou a escrever histórias ainda pequena, mas seu interesse pela literatura despertou através da poesia na adolescência. Escreve contos e poesias para adultos, e se aventura também na literatura infantil. Possui contos publicados nas antologias "Demontale" (Arwen) , "Soturnos" (Sombrias Escrituras), "Isso também é preconceito" ( Causos e Prosas), "Psicopatas e outros distúrbios" ( Editora Young). 
Publicou também o livro "Lendas Africanas" pela Amazon, "Amor de Mãe" (Perse) e "Que bicho é esse? Adivinha!" (Clube de Autores) . Lançará ainda este ano um livro de terror pela Editora Sombrias Escrituras.E terá publicado pela Editora Illuminare um conto na antologia "7 Pecados Capitais Vol. II ", e pela Darda editora fará uma participação no livro "Meus melhores textos infantis". Autora é colunista no Jornal O Sul, onde trata de assuntos referente a educação.
Onde encontrar a autora Blog: http://krausegeana.wixsite.com/autorageana
Facebook : https://www.facebook.com/geana.taisakrause
Twitter: https://twitter.com/geanakrause
Youtube: https://www.youtube.com/channel/UCl9qR3O5xoc6DU-KMrFGaiA
links dos livros: 
1-Amor de mãe: http://www.perse.com.br/novoprojetoperse/WF2_BookDetails.aspx?filesFolder=N1505648414921
2-Isso também é preconceito : http://causoseprosas.com.br/livraria/isso-tambem-e-preconceito
3-Antologia Psicopatas : https://www.saraiva.com.br/contos-de-uma-sociedade-secreta-psicopatas-e-outros-disturbios-9743953.html
4- Soturnos: https://www.soturnos.com/product-page/antologia-soturnos-volume-1


Claudia Hackbart é formada em magistério e pedagogia com habilitação em orientação educacional, psicologia e didática; pós-graduada em psicopedagogia clínica e escolar. Palestrante e autora das obras “E se o Destino Soprar” “A Liga Escolar” “WhatsApp: no grupo da morte/Antologia Anjos e Demônios” e “Quando o destino sorri pra você".


Mai Passos G é natural de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.
Começou a escrever aos 16 anos de idade quando publicava Web Novelas do RBD e Vondy no, extinto, Orkut.
Em 2012 publicou seu primeiro livro "Aos meus olhos".
É autora de livros como "Sofia", "Uma Canção para Sofia" e "Aurora sob as estrelas".
Em 2018 publica pela Rico Editora seu primeiro romance distópico intitulado "A Herdeira do Trono"


Fernando de Menezes Nunes é natural de Porto Alegre, tem 45 anos e é casado. Fernando tem dois filhos e um neto. Apesar da curta carreira literária já participou de diversas antologias, tanto no Brasil quanto em Portugal.
Abaixo, estão algumas das Antologias das quais já participou:
- Pequenos Escritos & Sinistras Histórias (conto) - Ed. Illuminare;
- Crimes & Suspeitos (conto) - Ed. Illuminare;
- Sete Pecados Capitais (conto) - Ed. Illuminare;
- Segunda Guerra Mundial (conto) - Ed. Illuminare;
- Mosaicos (poesia) - Ed. Illuminare; 
- Contos de Fadas (conto) - Ed. Illuminare;
- Escritores Malditos (conto) - Ed. Illuminare;
- Por Trás das Grades (conto) - Ed. Illuminare;
- Avenida Murkinesse 666 (conto) - Ed. Illuminare;
- Perdidamente (poesia) em Portugal - Pastelaria Studios Editora;
- Universo Mulher (poesia) - Ed. OAK Book;
- Percepções (crônica) - Ed. OAK Book;
- Palavras Abraçadas Vol. 2 (crônica) - Scortecci Editora;
- Grandes poetas do século XXI (poesia) - Ed. Illuminare;
- Contos de um Natal sem Luz (co-organizador) (conto) - Ed. Illuminare;
- Espinhos e Rosas (conto bilíngue) - Ed. Illuminare;
- Entre o Bem e o Mal (conto) - Ed. Illuminare;
- Era uma vez... (microcontos) - Ed. Illuminare.
- Sete Pecados Capitais II (conto) - Ed. Illuminare;

Fernando também participou, como convidado, do livro da escritora Rô Mierling: Pedaços de Mim - Microcontos Cruéis. (Ed. Illuminare)
É autor do livro Pedaços de Mim - Microcontos Ecléticos. (Ed. Illuminare)
Atualmente está escrevendo um livro de contos intitulado “Contos que não se contam” e um livro de microcontos intitulado “Microcontos Insólitos” - ambos através da plataforma Wattpad.
Atualmente está colaborando com a Editora Illuminare com o trabalho de revisão de textos.


Josiane Scapin Dutra, nasceu em 1977 no bairro Forqueta, em Caxias do Sul – RS, onde vive. Além de escritor, é assistente comercial na empresa TOTVS, formada em Gestão de Pessoas pela UNIFTEC em 2014. Já publicou os romances “As Mortes de Sofia” que está na terceira edição e “Para Onde Você Foi?.
Uma das idealizadoras do evento "Lugar de Mulher é Onde Ela Quiser" que aconteceu do bairro Forqueta em março de 2017 em Caxias do Sul e membro da Equipe Forquetando.
Página no Facebook: FORQUETANDO.
Idealizadora também do Projeto "Viver para Ser", que tem por objetivo a leitura e a doação de livros para as crianças e adolescentes em tratamento do câncer no Hospital Geral em Caxias do Sul, esta caxiense é apaixonada por livros.


Portal literário criado para apoiar autores nacionais em diversas áreas, desde assessoria paga (com preços acessíveis) a projetos gratuitos. 
Publicidade e Assessoria paga incluem: Mídia digital e impressa; Capas, Diagramação, Revisão, Betas, Resenhas Técnicas, Tradução e divulgação. 
Livros: Projetos gratuitos que apoiam autores com divulgação de todas as plataformas; wattpad, Amazon, luvbook, tap, clube de autores e físicos (independentes ou por editoras). 
Projeto de apoio do Wattpad inclui: resenhas, entrevistas, betas, revisão, capistas, colunistas e divulgação. 
São 50 grupos no Whatsapp dos mais variados: times de apoio, atendimento e suporte, divulgações, bate papo, faculdade de autores, clubes de leitura e etc... 
Páginas e grupos no Facebook, Instagram e Blog. 
A Lion Publicidade foi fundada em 2007 e assumiu o Projeto de Livros que iniciou-se em 2016, há poucos meses, transformando-se em Lion - Publicidade & Livros que conta com equipes Administrativas, parceiros e colaboradores que nos fazem ser uma família. 
Site: www.lionpublicidadeelivros.com
Página: https://www.facebook.com/LionPublicidadeELivros/
Grupo Facebook:  https://www.facebook.com/groups/lionpublicidadeelivros/
Instagram: @lionpublicidadeelivros
Twitter:  @lionpubelivros
Wattpad:  LionLivrosWattp 
https://my.w.tt/UiNb/uMQYHNGDfI
Email: lionpublicidadeelivros@gmail.com


Nhana Bolsoni - Mediadora
Blog "Caneca de Palavras"
Blog: http://www.blogcanecadepalavras.blogspot.com.br/
Fanpage: https://www.facebook.com/canecadepalavras/



Espero vocês lá!
Raquel Machado

segunda-feira, 4 de dezembro de 2017

Poder Extra G da Thati Machado

Editora: Astral Cultural; 
Edição: 1ª
Ano: 2016
Páginas: 240 páginas
Gênero: Romance
Classificação: 
Onde Comprar:
Amazon

Empoderamento define. É por isso e a partir daí que a história de Nina — e de Nico, de Marcela e de Noah — existe. Nina não é uma mulher de tipos. E não apenas por causa dos seus noventa e dois quilos. Nina tem atitude e amor-próprio. Talvez não nessa ordem, mas quem se importa? Ao namorar Marco, ela achava que estava subindo mais um degrau rumo ao topo de sua autoestima. É claro que alguns sinais lhe alertavam do contrário, só que o ego pode ser bastante ensurdecedor quando nos convém. Depois de se dar conta da farsa que era o seu relacionamento, Nina deixa sua vida em São Paulo e parte rumo a Buenos Aires, para um mês regado a argentinos sedutores e muito doce de leite. Ela só não esperava que o país dos hermanos pudesse lhe trazer muito mais do que uns quilinhos extras.




Bom Dia Leitores,
Hoje venho trazer a resenha de um livro muito especial para vocês, quero comentar hoje sobre o livro da Thati Machado chamado Poder Extra G. Minha ideia inicial era fazer uma video resenha sobre esse livro, porém como o tempo não está ajudando muito decide lançar ela somente escrita a principio e quem sabe futuramente volte a falar sobre o mesmo.

Nessa história acompanhamos Nina, uma mulher que sabe muito bem o significado da palavra auto-estima. Ela é uma protagonista de peso, e quando digo isso me refiro a todos os tipos de peso que você possa imaginar, pois ela é "gordinha". O que acontece é que ela está passando as férias em Buenos Aires, e acaba vivendo um romance de esquentar os coraçãozinhos mais gelados com um lindo argentino. 

Como ela recém saiu de um romance furada, é claro que ela tem algumas dúvidas em se deixar levar por um novo amor ainda mais em outro país, afinal que futuro eles poderiam ter juntos?

Conforme os dias vão passando ela vai percebendo que nem sempre mandamos no nosso coração e que o destino reserva belas surpresas para nós se acreditarmos em nós mesmos e no amor.


MINHAS IMPRESSÕES



Acho que a palavra da sinopse desse livro realmente define toda a trama Empoderamento. Em como devemos confiar em nós mesmo e nossas qualidades, pois somente assim conseguiremos ser realmente felizes, e essa para mim foi a principal lição que Nina ensinou.

A Thati lançou a primeira versão dessa história no wattpad, eu como estou sempre com muitas coisas para fazer na frente do computador não consegui acompanhar por lá, mas quando vi que ela lançou o livro físico não tive dúvidas em adquirir meu exemplar e não me arrependo nem um pouco, e depois de ler a história entendi porque ela alcançou diversos leitores e fez todo o sucesso,realmente é uma bela história que merece ser lida por todos.



Para começar estamos em um país diferente Buenos Aires, e fiquei extremamente feliz e deliciada ao ler sobre as coisas de lá, pois tive a oportunidade de conhecer esse país pessoalmente e visitar alguns pontos turísticos junto com essa personagem trouxeram um sentimento gostoso de saudades,e mesmo para quem não conhece posso dizer que a autora conseguiu ambientar muito bem a história nos apresentando essa cultura diferente, esse já é um ponto super positivo para você ler o livro.

Segundo ponto, apesar desse ser um livro de romance, não espere um clichê padrão, onde o mocinho é cheio de problemas e a mocinha tem que ficar testando ele até ele se entregar ao amor ou vice-versa, não aqui temos duas pessoas super decididas, que sabem o que querem, porém que tem sim que passar por alguns obstáculos como a distância, mas isso é tratado de uma maneira super real que fiquei imaginando que isso poderia facilmente acontecer com uma amiga minha.

Outro ponto interessante de se falar e acredito que esteja se tornando uma marca registrada da Thati é a questão dos preconceitos e de como são abordados na história. O principal deles claro que não pode deixar de ser é a protagonista acima do peso, inclusive tem uma cena onde ela está dentro de um loja e acontece uma "treta" grande e fiquei pensando "Isso mesmo, não deixa barato!!!", porque infelizmente ainda existe um pouco disso hoje em dia, pois somos limitados pelos valores que nossa sociedade impõe. Além disso, temos um personagem super especial que pelo que pesquisei ganhou um livro para si próprio que traz a questão de sexualidade e como ainda e pouco conhecida e entendida pelas pessoas, e confesso que foi um dos personagens que gostei mais na trama toda.

Temos ainda outras questões interessantes no livro como: "o dinheiro realmente é capaz de comprar tudo e todos?" que achei muito bem explorado.




Sobre os personagens Nina é uma personagem forte e decidida, diferente de várias mocinhas que encontrei por ai, com um senso de humor divertidíssimo, me fez rir em várias partes e um coração enorme não tem como não simpatizar com ela. Nico é o argentino lindo, charmoso e que arrebatou o coração de Nina por sua maneira de agir e que com certeza agradará muitas pessoas. Marcela é amiga de Nina e é uma personagem muito interessante de se acompanhar principalmente suas histórias amorosas. Noah, bem esse ganhou um cantinho especial aqui no meu coração e sim foi ele que ganhou um livro solo, leiam e vão entender o porque.

Concluindo Poder Extra G foi uma adição maravilhosa a nossa literatura nacional, eu adorei acompanhar Nina nessa sua aventura e tenho certeza que muitos também vão gostar. Super recomendado!

SOBRE A AUTORA
Thati Machado tem 24 anos e mora em Niterói – RJ. Suas paixões são muitas: os livros, a escrita, os palcos, a lente das câmeras... Começou a escrever poemas e versos aos doze anos. Aos quinze escreveu sua primeira peça no colégio. Logo em seguida começou a escrever histórias para publicar em redes sociais. Alcançou a marca de mais de 3.500 membros na comunidade de suas histórias e cada uma de suas páginas tinha mais de dez mil comentários. Estudou artes cênicas e publicidade, trabalha como modelo Plus Size, é blogueira literária no www.nemteconto.org e todo o restante de seu tempo é destinado às histórias que habitam sua mente. Atualmente possui um livro físico (Ponte de cristal), duas obras na Amazon (Com outros olhos & Papel, caneta e ação) e a mais recente (Poder Extra G) está disponível no wattpad.

E vocês já leram?
Ficaram curiosos?
Deixem seus comentários.
Raquel Machado

quinta-feira, 30 de novembro de 2017

Cinekriativa: Cinquenta tons mais escuros

Direção: James Foley
Elenco: Dakota Johnson – Anastasia Steele e Jamie Dornan – Christian Grey
Gênero: Romance
Duração: 115 min.
Distribuidora: Universal Pictures
Ano: 2017
Classificação: 

Em ‘Cinquenta Tons mais Escuros‘, quando o ferido Christian Grey (Jamie Dornan) tenta seduzir a cautelosa Ana Steele (Dakota Johnson) e trazê-la de volta para sua vida, ela exige um novo acordo antes de dar uma nova chance a ele. Enquanto os dois começam a construir um relacionamento baseado em confiança e estabilidade, figuras sombrias do passado de Christian começam a rodear o casal, determinadas a destruir todas as suas esperanças de um futuro juntos.


Bom Dia Pessoal,
Hoje venho a trazer minha opinião sobre um filme um tanto o quanto polêmico. Particularmente tenho uma relação de amor e ódio com essa história

Conheci o primeiro livro há alguns anos, antes de virar modinha e decidi ler. O livro não me agradou muito, achei demasiada cenas de sexo e pouco conteúdo, além disso não conseguia entender o que se passava na cabeça dos personagens para achar tudo aquilo uma coisa normal. Li o primeiro livro e decidi não terminar de ler a série, afinal minha lista de leitura era grande. Quando vi que sairia filme decide conferir nas telonas o que fariam e fomos ao cinema para mim foi uma outra decepção ainda sai intrigada pensando em como uma pessoa pode deixar se levar tanto e o que as mulheres achavam de tão bom no tal "Sr Grey" porque para mim ele sempre foi "meio" doente (desculpem a sinceridade mas é minha opinião). 

Saiu o segundo filme e dessa vez não fomos ao cinema, não ia gastar meu dinheiro de novo com isso, mas quando vi ele passando na TV decide dar mais uma chance, porque como comentei essa história me deixa intrigada, eu realmente tendo entender o que se passa entre os personagens e o porque de tantas pessoas acharam isso o máximo. Assistimos ao segundo filme e posso dizer que entendi um pouquinho melhor a cabeça do bilionário sexy masoquista, mas ainda estou sem entender o que se passa na cabeça da protagonista que continua bem babaca no meu ponto de vista.



Em Cinquenta tons mais escuros conhecemos um pouquinho mais da história de Ana Steele e Christian. Apesar de ter várias coisas que me irritaram sobre as atitudes dominantes e dominados dos dois, consegui ver outros pontos durante o enredo, como por exemplo, o porque do Cristian ser como é. E fiquei meio intrigada com algumas cenas onde ele declara seu amor por ela , sendo ele um dominador em potencial nunca pensei que veria ele se ajoelhar, mas estamos falando de ficção certo, e acho que isso deve ter feito várias mulheres suspirarem pensando "ela conseguiu domar ele".



Uma coisa que me deixou meio abismada e que fez meu marido cair na gargalhada foi em uma das cenas onde temos uma das antigas dominadas do sr Grey e ele literalmente pede para ela ficar de quatro, o que me faz pensar, meu Deus ela está agindo que nem um cachorro, e nem meus cachorros aqui em casa fazem isso as vezes, eles tem um pouco mais de opinião própria. Ai tudo isso acontece e a tal Ana continua com o cara, tipo quer ter o mesmo final garota? Não entendo mesmo. Dizem que o amor às vezes faz as pessoas ficarem cegas, eu não chamo isso de amor, acredito que acima de tudo a pessoa tem que ter amor próprio para depois querem ficar com alguém, mas essa é minha opinião.



Sobre a atuação, acredito que os atores fizeram bem seus papéis porque a atriz realmente me dá nos nervos assim como a personagem, não entendo o que acontece com ela para se deixar submeter tanto assim há um homem. Quanto ao ator que fiz o Christian acredito sim que ele desempenhou seu papel bem, porém confesso que desde o primeiro filme eu esperava alguém mais "homem", tipo um George Cloney da vida sabe, mas enfim. 

Eu entendo que isso é uma obra fictícia, um romance e que pode ser sim que existem várias mulheres que fantasiem com isso(eu me incluindo fora dessa jogada como vocês já puderam notar), mas também fico um pouco preocupada com isso ter caído no gosto geral. Afinal, querendo ou não um escritor planta sementes na mente dos leitores e devemos cuidar com o que falamos ser normal ou não, e isso para mim passa de longe de ser normal. Violência nunca é bom, não fora da cama nem dentro dela. Talvez alguns pensam que sou mal amada ou sei lá, mas sério isso não faz minha cabeça e ainda tento entender o que as pessoas acham de tão interessante nisso. Quantas mulheres não sofrem com isso hoje e acredito que isso é muito culpa dos dois lados, então porque dar enfase há algo assim? Acredito que nesse ponto é necessário um discernimento muito grande de fantasia e realidade e que falta alertas sobre isso em torno dessa história. 



Curiosidades:

1. Jamie Dornan e Dakota Johnson retornam como Christian Grey e Anastasia Steele em ‘Cinquenta Tons Mais Escuros‘, o segundo capítulo baseado no fenômeno e best-seller mundial “Cinquenta Tons”.

2. Expandindo além dos eventos do blockbuster de 2015, que acumulou mais de U$560 milhões globalmente, o novo filme chega para o Valentine’s Day e te convida a mergulhar em algo um tom mais escuro.

3. O drama é dirigido por James Foley – responsável pela direção de alguns episódios da série ‘House of Cards‘.

4. Niall Leonard, o marido da autora E.L. James, foi escolhido para adaptar ao cinema o segundo livro da saga de sua mulher. Sam Taylor-Johnson, a diretora do primeiro filme, não retornará para a continuação. A notícia veio depois de vários rumores de constantes discussões entre Taylor-Johnson e James durante as filmagens do primeiro filme.

5. Angelina Jolie chegou a ser cotada para a direção.

Entrevista com os atores:



Entrevista com a escritora:


Trailer:




Concluindo, não sei se verei o final dessa história apesar de acreditar que sim, porque ainda procura resposta para todas as minhas dúvidas quem sabe a autora consiga me esclarecer. Minha opinião geral é um filme básico com muitas cenas de sexo e um 'pouquinho' de história. Acredito que falte muito para entrar na minha lista de recomendados. Infelizmente, para mim ainda não funcionou.

Teaser Cinquenta Tons de Liberdade:



E vocês gostam dessa série?
Acompanharam os filmes?
Deixem seus comentários.

Raquel Machado